terça-feira, 30 de abril de 2013

Minha pequena luz vou deixar brilhar!





Olhando para as estrelas que iluminam o céu noturno me lembro do que Jesus fala a respeito de mim. Ele diz que eu sou sal da terra e luz do mundo (Mateus 5.13-16). Jesus é a própria luz e Ele me salvou para que eu também seja luz, me salvou para brilhar como as estrelas, que mesmo estando anos-luz de distância irradiam o seu brilho tão intensamente que ele chega até nós.

Jesus nos deu a sua luz para brilharmos até mais do que as estrelas, nos deu a luz para irmos até a escuridão e levar a luz para aquelas que habitam nas trevas. As trevas não permitirão que a luz transforme, por isso, a todo custo, como um buraco negro, as trevas tentarão engolir e acabar com a luz e para que isso não aconteça devemos estar ligados com a nossa fonte eterna, inesgotável e infinita de energia: Jesus!

Veja o vídeo abaixo e entenda um pouco melhor o que significa brilhar!





" - Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século." Mateus 28:19,20sistema para agência de viagens

Não podemos esconder a luz que Jesus nos deu. Não podemos deixar de brilhar pois o mundo precisa dessa luz. Na escuridão ninguém consegue ver que Jesus está de braços abertos para oferecer o seu amor e Ele nos deu a missão de levar a luz para que todos possam saber onde está o verdadeiro amor.

"Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte; nem se acende uma cadeia para colocá-la debaixo do alqueire, mas no velador, e alumia a todos os que se encontram na casa. Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus." - Mateus 5.14-16 


terça-feira, 16 de abril de 2013

6º BookCrossing Blogueiro - Liberte um Livro!





Para participar é bem simples, basta escolher um livro seu e que você gosta e libertá-lo. Deixe ele em algum lugar público, pode ser em uma praça, no shopping, na escola, no hospital, no ônibus ou onde você quiser deixá-lo para que uma outra pessoa possa pegá-lo e desfrutar da história do livro. Mas não se esqueça de escrever um bilhetinho dizendo que aquele livro não foi perdido ou largado mas sim deixado ali de propósito para que alguém o encontrasse e mergulhasse nas páginas do livro. Escreva também que esse é um livro viajante, então quando o novo leitor terminar de ler deve libertar novamente o livro.


O importante é libertarmos um livro que gostamos, um livro cujo conteúdo irá interessar o seu novo leitor, e, assim fazer com que o hábito da leitura seja levado a pessoas que muitas vezes não tem condições financeiras de adquirir um livro.


Lembre-se: Livros foram feitos para serem lidos!


Para saber mais acesse o blog Luz de Luma, yes party!